Há uma aplicação semelhante ao sistema e-factura que não é oficial

AUTOR

Redação

Há uma aplicação semelhante ao sistema e-factura que não é oficial

today 13 de fevereiro de 2018

Há uma aplicação móvel chamada eFatura, semelhante ao site e-fatura - que é o sistema online da Autoridade Tributária - que está a causar preocupação à Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) e a levantar dúvidas ao Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos. 

A app criada por dois programadores portugueses, é facilmente confundida com o sistema disponibilizado pelo Fisco, através do endereço - https://faturas.portaldasfinancas.gov.pt/ - e serve para gerir e validar as faturas das despesas realizadas ao longo do ano pelos contribuintes.

Esta aplicação foi criada em 2013 e tem pelo menos 70 000 utilizadores mensais. 

O Fisco apenas disponibiliza o sistema de validação de faturas através do site e não tem nenhuma aplicação oficial disponível quer para os telemóveis do sistema android ou mesmo IOS (iphone´s). 

A Comissão de Proteção de Dados alertou, esta terça-feira, que a aplicação móvel eFatura não foi programada oficialmente pelo Fisco.

Por essa razão "as pessoas devem ponderar com cuidado se pretendem utilizar esta aplicação, utilizando um intermediário para aceder à AT e ao E-fatura, correndo o risco de expor informação sensível relativa à sua vida privada", avisou Clara Guerra, porta-voz da CNPD, em declarações ao jornal Público.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos, Paulo Ralha, mostra-se preocupado e diz mesmo que é "surreal a existência de uma aplicação deste tipo", considerando urgente que o Ministério das Finanças ou a Autoridade Tributária esclareçam os portugueses sobre "a segurança deste tipo de dados" que são de exclusivo acesso do Fisco quando são realizadas compras. 

 

 

O prazo para a validação de faturas, para ter direito a deduções fiscais em sede de IRS, termina esta quinta-feira, dia 15 de fevereiro.

Mais Notícias

Passou
Onde Ouvir a Smooth FM
Linha Verde Trânsito Smooth FM