AUTOR

Redação

Mariana ensina inglês a refugiados em Atenas. "Uma forma de fazer a diferença"

today 14 de março de 2018

Neste terceiro e último dia da visita à Grécia, o Presidente da República vai a um campo de refugiados, em Tebas, a uma hora da capital Atenas.

Marcelo Rebelo de Sousa vai encontrar-se com alguns grupos de voluntários portugueses que têm apoiado os migrantes e refugiados que chegaram à Grécia.

No entanto, não é só no campo de migrantes em Tebas que existem voluntários portugueses que trabalham em prol da integração dos refugiados.

É o caso de Mariana Calado. Tem 22 anos, é licenciada em Jornalismo e está há cinco meses a dar aulas de inglês na organização Forum of Migrants, em Atenas. 

 

 

Ao longo dos cinco meses de trabalho, Mariana conseguiu perceber que os refugiados procuram ser integrados e ter uma vida melhor na Europa. É para que esse desejo esteja ao alcance dos migrantes que os voluntários trabalham.

 

 

A jovem, natural da Figueira da Foz, diz que a experiência está a ser muito gratificante.

 

 

Desde que planeou a visita oficial, que Marcelo Rebelo de Sousa colocou na agenda a passagem por campos de refugiados, para cumprimentar os portugueses que têm vindo a desenvolver progressos com os refugiados.

Mariana diz que a presença do Presidente da República é importante para dar a conhecer a Portugal a realidade dos refugiados.

 

 

Durante o dia de ontem, o chefe de Estado português disse que as relações entre Portugal e a Grécia "não podiam estar melhores", e Alexis Tsipras, primeiro-ministro grego, disse no Twitter que Portugal é "um exemplo positivo" para a Grécia. 

 


 

Mais Notícias

Onde Ouvir a Smooth FM
Linha Verde Trânsito Smooth FM