EPA

AUTOR

Paulo Rico

Portugal: os números do Mundial

today 02 de julho de 2018

Quatro jogos, apenas uma vitória e a eliminação, mais uma vez nos oitavos de final. 

O balanço da participação portuguesa no Mundial foi de 'serviços mínimos cumpridos', como disse Fernando Santos, depois da derrota com o Uruguai, mas a ideia generalizada dos portugueses, de uma forma global, é que podiamos ter feito um pouco mais. Mais e melhor, até pelo estatuto de campeão europeu.

Para a história e para a estatística, ficam os números principais da sétima presença de Portugal em Mundiais de futebol:

 

- 4 jogos: uma vitória, dois empates e uma derrota. Seis golos marcados e seis golos sofridos.

- Melhor marcador: Ronaldo, 4 golos. Os restantes foram marcados por Pepe e Quaresma.

- Seis golos: um de penalty, dois de cabeça na sequência de cantos, um de livre direto e dois com remates fora da área em jogo corrido, com ambos os pés.

- 18 jogadores utilizados, 6 totalistas: Rui Patrício, Fonte, Pepe, Guerreiro, William e Ronaldo.

- 5 jogadores não sairam do banco: Anthony Lopes, Beto, Mário Rui, Rúben Dias e Bruno Alves.

- Segunda eliminação nos oitavos de final. A anterior, na mesma fase, foi em 2010. 

- Um 3º lugar (1966) e um (2006) continuam a ser as melhores participações de Portugal em Mundiais. 

- Portugal atingiu um novo recorde europeu durante o Mundial: 17 jogos seguidos sem perder em grandes competições (Mundial, Europeu e Taça Confederações) excluindo desempate de grandes penalidades.

- Fernando Santos igualou o recorde de Scolari: 17 jogos oficiais sem derrotas, excluindo desempate de grandes penalidades. A anterior derrota de Fernando Santos tinha sido com a Suiça, em 2016. Até ao jogo com o Uruguai, 17 jogos seguidos sem derrotas.

Ronaldo deixa o Mundial como segundo melhor marcador (4 golos atrás de Kane e igual a Lukaku) e como o jogador com mais remates: 21.

 

 

Mais Notícias

Passou
Onde Ouvir a Smooth FM
Linha Verde Trânsito Smooth FM