AUTOR

Paulo Rico

Mundial continua a bater recordes

today 04 de julho de 2018

É já conhecido como o Mundial do VAR ou como o Mundial que fica para a história como o primeiro em que se permitiu a 4ª substituição. Este é o Mundial que vai perdurar como o Mundial dos autogolos ou o Mundial com mais golos no tempo de compensação. O Rússia 2018 é também o Mundial dos recordes!

Terminados os oitavos de final, restam 8 seleções na Rússia. É, por isso, tempo de balanço, depois de 56 (dos 64) jogos já realizados, com muitos números e factos que serviram para bater recordes em matéria de fases finais de Mundiais:

 

RECORDES:

 

- Recorde de golos no tempo de compensação: 19. Até aqui, tinham sido marcados 40 golos para lá dos 90´, em todos os Mundiais anteriores.

- Recorde de cartão amarelo mais rápido: o mexicano Gallardo (15 segundos!) frente à Suécia.

- Recorde do golo mais tardio de sempre em Mundiais. Kroos marcou à Suécia aos 94:42.

- Recorde igualado de presenças em Mundiais: o mexicano Rafa Marquez somou o 5º Mundial da conta pessoal.

- Recorde de jogador mais velho em campo: o egípcio El Hadary, aos 45 anos e 161 dias, é agora o mais velho de sempre em Mundiais.

- Pela primeira vez em Mundiais, todas as selecções marcaram, pelo menos, dois golos na prova.

- Pela primeira vez, um desempate na fase de grupos teve como critério o número de cartões amarelos.

- Pela primeira vez, foi usada a regra da quarta substituição: três nos 90 minutos e a última no prolongamento.

 

OUTROS FACTOS:

 

- Uma certeza para já: um finalista será Europeu.

- Apenas dois jogadores fizeram hat-trick: Kane e Ronaldo.

- Foram marcados 146 golos até ao momento.  

- Neymar é o jogador com mais remates à baliza: 24.

- Christian Eriksen é o jogador que mais correu no Mundial, até ao momento: 51 km.

- Número de autogolos: 10.

- A Inglaterra é a seleção com mais golos de penalty: 3.

- Apenas 4 jogadores viram cartão vermelho no Mundial. 

- A liga inglesa é a que tem mais golos na prova (36), seguindo-se a espanhola, com 35 golos.

- Barcelona, PSG e o Tottenham (com 10 golos) são os clubes com mais golos na competição.

- Só duas selecções conseguiram, até agora, o pleno de vitórias: Bélgica e Uruguai.

- A Bélgica é o melhor ataque (12 golos) enquanto Brasil e Uruguai têm a melhor defesa (1 sofrido).

- 28 grandes penalidades assinaladas, com 21 a resultarem em golo.

- A Europa continua a ser o continente mais representado no Mundial (6 seleções). Segue-se a América do Sul (2).

- Harry Kane é o melhor marcador da prova, com 6 golos. Seguem-se Ronaldo e Lukaku (com 4).

- A Tunísia foi a selecção com mais jogadores utilizados (23) e a Austrália a que menos jogadores utilizou (15).

- Só duas seleções somaram três derrotas em três jogos: o Egito e o estreante Panamá.

- A Alemanha foi eliminada pela primeira vez na fase de grupos.

- A Suécia regressa aos quartos de final 24 anos depois.

- A Inglaterra conseguiu, pela primeira vez, vencer num desempate de grandes penalidades.

- O México somou a sétima presença consecutiva nos oitavos de final.

- Pela primeira vez nos últimos 30 anos, não houve países africanos na segunda fase.

- Esta edição teve dois golos centenários na história dos Mundiais: Modric fez o golo 2400 enquanto Ben Youssef fez o golo 2500 na história da competição.

 

 

Mais Notícias

Onde Ouvir a Smooth FM
Linha Verde Trânsito Smooth FM