AUTOR

Redação

Governo aceita categoria de enfermeiro especialista

today 11 de janeiro de 2019

O Ministério da Saúde aceita a criação da categoria de enfermeiro especialista, uma das exigências sindicais, garante o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), que se reuniu esta manhã com o governo. O ministério de Marta Temido deve confirmar isso, oficialmente, ainda hoje.

Guadalupe Simões, dirigente do SEP, diz que, apesar do avanço, não há melhoria prática na remuneração. "Introduz uma categoria que absorve o suplemento que os enfermeiros já hoje estão a receber, longe do mínimo de 1613 euros que é pago aos técnicos especialistas dos outros grupos profissionais". Actualmente, no final do mês, um enfemeiro especialista com salário-base e suplementos leva 1350 euros para casa.

Sobre outras questões em negociação, o SEP diz que não houve muitas cedência do governo, e por isso mantém as greves marcadas para 22 a 25 de Janeiro. "Sobre a aposentação o ministério da Saúde não se pronunciou, sobre as questões do risco também não, e sobre o descongelamento das progressões há um avanço tímido, ou seja, o governo assume a contabilização de 1,5% por cada ano de serviço entre 2004 e 2014 mas, ainda assim, há questões em aberto que precisam de solução".

Durante a tarde, o governo vai reunir-se com outras estruturas sindicais, incluindo as que têm marcado as greves dos enfemeiros nos blocos operatórios.

 

 

 

Notícias Relacionadas

Mais Notícias