AUTOR

Agência Lusa

ADSE: Grupo Luz Saúde retoma marcação de consultas sem restrições

today 15 de março de 2019

O Grupo Luz Saúde decidiu retomar as marcações de consultas ao abrigo das convenções celebradas com o subsistema de saúde dos funcionários públicos (ADSE), foi hoje anunciado.

Em comunicado, o Grupo Luz Saúde justifica a decisão com “a vontade expressa pelo Conselho Diretivo da ADSE, que se perceciona como genuína, para reiniciar negociações (…) com vista à reformulação das convenções”.

Assim, as marcações de consultas passam a fazer-se sem restrições de datas “enquanto decorrerem as negociações”, explica.

“Efetivamente, perante a expectativa fundada de que a ADSE apresentará num curto espaço de tempo, ou seja, até meados de abril, uma proposta de nova tabela, entendemos que negociações justas e equilibradas não deverão realizar-se num contexto de condicionamento de qualquer uma das partes”, afirma o Grupo Luz Saúde no comunicado publicado na sua página da Internet.

Desta forma, os beneficiários da ADSE podem continuar a recorrer à rede de hospitais e clínicas Hospital da Luz ao abrigo do Regime Convencionado com o subsistema de saúde dos funcionários públicos e marcar consultas sem restrições, “incluindo para datas posteriores a 15 de abril de 2019”, explica.

A Luz Saúde informa ainda que “todas as marcações entretanto efetuadas ao abrigo do Plano Especial para data posterior a 15 de abril serão realizadas ao abrigo do Regime Convencionado”.

“Assumimos, como sempre, o compromisso com os beneficiários da ADSE de avançar para esta nova fase de negociações com total boa-fé, tendo em vista a obtenção de um acordo que assegure a sustentabilidade de todas as partes e o melhor interesse dos beneficiários, na medida em que possa garantir cuidados de saúde de excelência e em segurança a todos os que nos procuram e confiam a sua saúde”, acrescenta.

O anúncio do Grupo Luz Saúde surge um dia depois de decisão idêntica ter sido anunciada pela José de Mello Saúde, que na quinta-feira revelou que os beneficiários da ADSE já poderiam fazer marcações e usar os serviços habituais em todas as unidades da rede CUF.

Num comunicado interno da instituição, a José de Mello Saúde revelou que nas últimas semanas foram iniciadas conversações com a ADSE “com vista a superar as dificuldades” que levaram à suspensão do serviço.

A Luz Saúde, a José de Mello Saúde e o Grupo Lusíadas tinham anunciado em fevereiro a suspensão das convenções com a ADSE.

Notícias Relacionadas

Mais Notícias