Avishai Cohen

O baixista, contrabaixista, vocalista e compositor israelita, Avishai Cohen vem apresentar em formato trio "Arvoles" e "Two Roses" os seus trabalhos mais recentes.

Avishai Cohen é um dos mais discretos gigantes do jazz contemporâneo, um baixista e contrabaixista que estudou e que se formou enquanto tal em Nova Iorque, uma das mais musicais cidades do mundo, e onde se tornou braço direito de Chick Corea, músico recentemente desaparecido com quem percorreu o planeta. Nos anos 90 aventurou-se a solo, construindo uma sólida carreira em nome próprio que lhe valeu os mais prestigiados prémios e rasgados elogios na imprensa de referência mundial, incluindo o New York Times ou o Guardian. Para lá de músico extraordinário, Avishai afirmou-se igualmente como grande compositor, com as suas criações a encontrarem uma dedicada audiência global.
Agora, o extraordinário baixista, cantor e compositor anseia pelos palcos: “Tenho sentido tanta falta das performances, do público. Sei que o meu regresso será pleno de emoções depois de um período tão difícil para tanta gente. A música consegue curar”, afirma. “Arvoles”, o seu trabalho mais recente, será o ponto de partida para um concerto com uma nova formação: ao seu lado estará o pianista e compositor Elchin Shirinov do Azerbaijão, uma preciosa descoberta do mestre israelita que será figura central do novo álbum com orquestra que pretende lançar ainda este ano. Em palco  estará ainda a jovem prodígio da bateria Roni Kaspi, nascida em Israel, mas também estudante em Nova Iorque na prestigiada Berklee College of Music. De volta a Israel durante o confinamento, Roni conheceu Avishai online e tocou com ele à distância em apresentações no Facebook em que ficou cara a química com o mestre.
Agora, o trio prepara-se para uma digressão que já se sabe que será altamente emotiva, com o material de um álbum cujo título em Ladino, língua falada na península ibérica pelos judeus sefarditas, significa, pois claro, Árvores. Música carregada de história, de raízes fundas e alcance fulgurante, é o que Avishai Cohen propõe neste importante regresso a Portugal.

14 novembro - Teatro Virgínia em Torres Novas
15 de Novembro – Lisboa, CCB
 

Outros Destaques