Ouça a Smooth FM em qualquer lado.
Faça o download da App.

TEATRO / DANÇA

Partilhamos aqui algumas das sugestões culturais que falamos na emissão.

SÍSIFO DE GREGÓRIO DUVIVIER (HUMOR) 
O ator, humorista e escritor brasileiro Gregório Duvivier regressa a Portugal para uma digressão de Sísifo. 
Inspirado no mito grego de Sísifo – o homem que carrega diariamente a sua pedra morro acima para vê-la rolar ladeira abaixo e começar tudo de novo por toda a eternidade –, o texto assinado pela dupla brasileira Gregorio Duvivier e Vinicius Calderoni,recria este mito e relaciona a mitologia grega com o caótico mundo globalizado e “híperconectado”, trazendo a palco temas contemporâneos e urgentes para falar e refletir, sobretudo sobre a condição humana.  
Traduzido em 60 histórias muito curtas onde cabem personagens de todos os tipos, o texto vai da comédia à tragédia, passando pela poesia e pelo drama, recriando o mundo dos memes e dos gifs em palco numa analogia à história de humanidade, à vida contemporânea e ao contexto social e político do Brasil. Fake news, suicídio transmitido através da internet, influenciadores digitais e tragédias brasileiras como o assassinato de Marielle Franco ou o incêndio do Museu Nacional, são apenas alguns exemplos  dos vários temas abordados em Sísifo e brilhantemente retratados por Gregório Duvivier. 
7 de Dezembro -Grande Auditório do CCB em Lisboa  
8 de Dezembro -Teatro Sá da Bandeira no Porto 
9 de Dezembro -Convento de São Francisco em Coimbra  
10 de Dezembro -Centro de Artes de Águeda.  
A peça é para maiores de 12 anos e os bilhetes já se encontram à venda nos locais habituais. 


A BELA ADORMECIDA (DANÇA) 
O espetáculo A BELA ADORMECIDA, do ilustre compositor russo Tchaikovsky com a coreografia do bailarino francês Marius Petipa, é uma obra emblemática da dança clássica. 
Repleta de romantismo e marcada pelo lirismo, A BELA ADORMECIDA, representa um grande desafio para os bailarinos, sobretudo na interpretação da personagem principal Princesa Aurora, exigindo um estilo académico cristalino elegante e frágil.  
Uma produção clássica com elementos cenográficos de um realismo incrível, figurinos deslumbrantes, acessórios manufacturados com detalhes sumptuosos e um leque de melodias encantadoras que compõem esta grande obra-prima do ballet clássico. 
27 novembro 2022, 17h, Coliseu Recreios, Lisboa. 
29 de novembro, 21h, Teatro das Figuras, Faro. 
10 de dezembro, 21h30, Teatro Virgínia, Torres Novas. 
11 de dezembro, 17h CAE - Centro de Artes e Espetáculos da Figueira da Foz. 


MÁ EDUCAÇÃO (TEATRO/DANÇA) 
Em "Má Educação" – Peça em 3 Rounds, o palco transforma-se num ringue de boxe. Um piano de cauda acompanha os combates como um árbitro que vai dialogando com quem ali se enfrenta e também com a música que se ouve. Em cena, uma bailarina, uma atriz e uma criança, de três gerações diferentes, entram em jogo e em disputa: quem ensina o quê a quem? Quem prepara quem e para que futuro? Quem aceita retirar-se para dar lugar a outro que chega? Um espelho da Educação: a tensão entre professores e alunos, entre futuro e passado, entre a escola que existe e a que desejamos. Um espetáculo de Inês Barahona e Miguel Fragata, com coreografia de Victor Hugo Pontes, onde o teatro e a dança procuram a revolução de que se faz o futuro. 
16 e 17 dezembro no Teatro São Luiz, em Lisboa. 
(sexta, 20h; sábado, 15h e 20h) 

ESPELHO  MEU - O MUSICAL (TEATRO) 
Num reino longínquo o povo vive feliz e tudo corre bem á família real mas a chegada de um novo membro vai alterar este equilíbrio. Com a morte da sua mãe a pequena Branca de Neve vai ter de enfrentar grandes desafios para que consiga vencer a terrível feiticeira que domina o castelo! 
Subitamente, aparece uma ajuda inesperada que poderá inverter os acontecimentos. Mas será que consegue? 
Muitas outras personagens irão surgir, fazendo de "Espelho Meu - O Musical" um grande espectáculo, com uma abordagem muito especial do famoso conto dos irmãos Grimm. 
Uma grande produção com cenários grandiosos, múltiplos efeitos especiais e um grande elenco para este Natal, para ver no Teatro Sá da Bandeira, no Porto. 
26 (16h) e 27 de novembro (11h30) 
4, 8, 11, 18 de dezembro (quinta 16h, domingo 11h30) 

GISELLE (DANÇA) 
Giselle é uma das grandes referências do bailado do período romântico, estreado em 1841. Conta a história de uma jovem camponesa que se apaixona pelo seu vizinho Loys, sem suspeitar, no entanto, que este é na verdade Albrecht, Duque da Silésia. Juntos, dançam e trocam palavras de amor, secretamente vigiados por Hilarion, um caçador que ama Giselle, um amor não correspondido. É na festa das vindimas, onde todos dançam alegremente, que Hilarion desmascara Albrecht. O desgosto ao descobrir a verdade conduz a jovem Giselle à loucura e a um final trágico. 
A versão coreográfica de Georges Garcia, estreada em 1987, volta a subir à cena do Teatro Nacional de São Carlos, acompanhados pela Orquestra Sinfónica Portuguesa, no ano em que se comemoram os 45 anos da Companhia Nacional de Bailado.  
3 a 23 de dezembro - Teatro Nacional de São Carlos, Lisboa  
Horário: Dias de semana, às 20h/ Sábados, às 18h30/ Domingos, às 16h 
Ensaio Geral Solidário  
Através de um donativo a partir de 12 euros a uma das instituições de solidariedade social a anunciar, tem direito a um convite para assistir ao Ensaio Geral Solidário de Giselle, no dia 02 de dezembro de 2022, às 20h, no Teatro Nacional de São Carlos. Ao contribuir para esta causa, será entregue um recibo de donativo, ao abrigo da Lei do Mecenato, para efeitos de dedução fiscal. 

"O CORAÇÃO DE UM PUGILISTA'' (TEATRO)
A peça "O coração de um pugilista'' narra o encontro de dois homens de gerações diferentes, que se confrontam um com o outro e com as escolhas que fizeram no passado. Centra-se no diálogo entre um jovem no final da adolescência, que é obrigado a cumprir trabalho comunitário numa instituição social, e um antigo pugilista, residente dessa instituição, resignado a uma existência solitária e sem horizontes. Existe ainda uma outra personagem, feminina, uma enfermeira que trabalha na instituição e que assiste à forma como os dois homens se desafiam. Em cena estão temas como a relação entre as gerações, a experiência de vida e o valor da amizade. 
De Lutz Hübner, com encenação de João Lourenço. Interpretação de Gonçalo Almeida, Joana Pialgata e Miguel Guilherme. 
30 de outubro a 30 dezembro - Teatro Aberto, Lisboa.  
Quarta e quinta-feira às 19:00  / Sexta-feira e sábado às 21:30 / Domingo às 16:00 

PELA PONTA DO NARIZ (TEATRO) 
Aldo Lima e José Pedro Gomes estão de volta ao palco na comédia PELA PONTA DO NARIZ, com encenação de Ricardo Neves-Neves. A adaptação portuguesa de Par le bout du nez, da dupla da dramaturgos franceses Matthieu Delaporte e Alexandre de La Patellière, está em cena no Teatro Villaret. 
A poucas horas de fazer o discurso de tomada de posse, o recém-eleito Primeiro-Ministro é assaltado por uma incapacitante comichão no nariz que se manifesta, precisamente, sempre que tenta discursar. Quaisquer causas físicas para o insólito transtorno são imediatamente colocadas de parte. Incapaz de conter a vontade irreprimível de se coçar e confrontado com a forte possibilidade de se expor ao ridículo perante o país inteiro, não lhe resta alternativa senão recorrer aos serviços de um prestigiado psiquiatra. Apesar da sua descrença e falta da confiança na psicanálise vê-se obrigado a ceder... E só tem uma hora para o fazer. À medida que o tempo vai passando os segredos começam a vir à tona e os dois homens deixam-se enredar numa divertida luta de poder. 
De 4 de novembro a 30 de dezembro no Teatro Villaret em Lisboa
Quinta a Sábado às 21H | Domingos às 17H. Bilhetes: 20€ - M/12 

O QUEBRA-NOZES (DANÇA) 
O QUEBRA-NOZES é uma narrativa encantadora que desperta o nosso imaginário e nos remete para o reino da fantasia. Um sonho de Natal com bonecos animados, criaturas maléficas e um herói improvável – o príncipe Quebra-Nozes. Repleto de romance e fantasia, exalta  a capacidade de sonhar das crianças e a genuinidade dos seus sentimentos  – o primeiro amor de Clara. 
O QUEBRA-NOZES perpetuou o génio de Tchaikovsky com a famosa Opus 71, repleta de notáveis melodias como a Dança da Fada do Açúcar e A Valsa das Flores. 
Marius Petipa revelou a sua originalidade e criatividade no desenvolvimento coreográfico desta obra-prima intemporal, que continua a ser um dos espetáculos mais representados de sempre. 
26 de novembro 2022, 16h e 21h, Coliseu Porto Ageas. 
8 de dezembro 2022, 17h, Centro Cultural Caldas da Rainha
26 dezembro 2022, 21h, Altice Forum Braga 
7 janeiro 2023, 16h e 21h, Coliseu Recreios, Lisboa.

O LAGO DOS CISNES (DANÇA) 
Repleto de romantismo e beleza, O LAGO DOS CISNES é considerado o bailado mais espetacular do repertório da dança clássica. A coreografia do bailado O LAGO DOS CISNES requer grande destreza e elevada competência técnica na interpretação das personagens por parte dos bailarinos. 
Uma produção clássica com elementos cenográficos de um realismo incrível, figurinos deslumbrantes, acessórios manufacturados com detalhes sumptuosos e um leque de melodias encantadoras que compõem esta grande obra-prima do ballet clássico. 
Uma grande produção clássica e irresistível que representa um momento imperdível e memorável. Um espetáculo único que irá perdurar na memória do público. A não perder!  
25 de novembro, 21h, Coliseu Porto Ageas. 
27 dezembro 2022, 21h, Altice Forum Braga 
6 a 8 janeiro 2023, Coliseu Recreios, Lisboa. 

DESTE MUNDO E DO OUTRO (DANÇA) 
A nova criação de Olga Roriz para a Companhia Nacional de Bailado é uma homenagem a José Saramago e faz parte das comemorações do seu centenário. 
"Deste mundo e do outro", é o título de um dos livros de José Saramago, escrito numa altura em que o autor era "apenas" um jornalista. Descreve e reflete sobre a humanidade, demonstrando o seu amor e preocupação. O escritor leva-nos às profundezas das gentes, dos lugares, de épocas antigas ou por vir onde o detalhe da escrita nos faz sentir e entrar pelas terras dentro. 
12, 13 e 14 de janeiro de 2023, 19h30, Teatro Rivoli, Porto

A SAGRAÇÃO DA PRIMAVERA (DANÇA) 
"A Sagração da Primavera" com assinatura dos coreógrafos Cláudia Martins e Rafael Carriço e direção musical de Nuno Côrte-Real. Uma nova abordagem à obra de Stravinsky, feita à luz de uma era tecnológica, na qual as linguagens da dança, da videografia, do videomaping e da música, se mesclam, numa experiência sensorial avassaladora. É uma obra onde se ritualizam os medos, as vontades, os desejos e os corpos, num intenso jogo de luz, dança, música e imagem. A ação desenvolve-se numa analogia direta com a velocidade das primaveras de hoje, onde a Dança do Sacrifício final se desmultiplica no tempo e no espaço. A obra musical será interpretada ao vivo, pela Orquestra Clássica do Centro. 
20 janeiro 2023, 21h30, Coliseu Recreios, Lisboa. 

"TRAIR E COÇAR É SÓ COMEÇAR" (TEATRO)  
A comédia retrata as confusões da empregada Palmira que numa série de divertidos mal-entendidos leva os seus patrões a pensarem que estão a ser alvo de infidelidades. A peça gira à volta dessas meras hipóteses de adultério geradas por equívocos e muitas confusões. Palmira, a nossa personagem central, consegue virar de cabeça para baixo a vida de três casais e instaurar a dúvida entre todos! “Trair e Coçar é só Começar” é uma típica comédia de costumes cuja proposta é fazer rir a partir de situações onde qualquer um de nós se pode ver envolvido. A trama tem início no quotidiano de um casal de classe média às vésperas do seu 16º aniversário de casamento. Ela recebe de um anônimo uma caixa de chocolates. Ele desconfia de um encontro marcado na sua própria casa, pela mulher e a sua melhor amiga. 
Os dados estão lançados, pela mão da nossa divertida Palmira! 
O elenco conta com José Raposo, Rui Unas, Isabela Valadeiro, Matilde Breyner, Sara Barradas, Carlos Areia, Bruno Madeira, Rafael Medrado e Telmo Ramalho. "Trair e Coçar é só Começar" é um texto original de Marcos Caruso com encenação de Miguel Thiré.  
Em Lisboa: Casino de Lisboa no Auditório dos Oceanos, de quarta a sábado a partir de 19 de outubro 2022.  
No Porto no Teatro Sá da Bandeira até 19 de fevereiro 2023.

CATS - O MUSICAL 
Portugal foi o país escolhido para o encerramento de "CATS: Let The Memory Live Again", a nova digressão do musical CATS, que vai passar por Lisboa e Porto em fevereiro de 2023 para 16 espetáculos. 
O musical, que já passou por Portugal há 10 anos, da autoria de Andrew Lloyd Webber, adaptado do livro Old Possum’s Book of Practical Cats, de T.S. Eliot, estreou em 1981, no West End (em Londres) e desde então tem encantado e conquistado o público do mundo inteiro, com as aventuras de uns felinos muito especiais – os Jellicle Cats.  
A nova digressão europeia de CATS passa por oito países e Portugal, e assinala o 41º aniversário da produção de Andrew Lloyd Webber, Trevor Nunn (Diretor), Gillian Lynne (Coreógrafo e Associate Director), John Napier (Designer).  
Campo Pequeno, em Lisboa, de 14 a 19 de fevereiro de 2023 
Pavilhão Rosa Mota / Super Bock Arena, no Porto, de 22 a 26 de fevereiro de 2023.

ESPONTÂNEO | CAMPEONATO MUNDIAL DE IMPROVISO 2023 (FESTIVAL/OUTROS) 
O Espontâneo - Festival Internacional de Teatro de Improviso acolhe em 2023 e pela segunda vez em Portugal, o Campeonato Mundial de Improviso.  
No palco do Coliseu dos Recreios as melhores seleções nacionais vão defrontar-se numa competição teatral na qual o público é o juiz soberano. Os melhores improvisadores do mundo combatem nesta arena improvisada, pelo título mundial e pelas gargalhadas da plateia.  
Um grande evento que promete ser ainda mais hilariante de todos os campeonatos. Afinem a voz, metam a mão no peito, agitem as bandeiras e votem. 
5 e 6 de maio de 2023 no Coliseu dos Recreios, em Lisboa.

GALA D'ÉTOILES | ESTRELAS E SOLISTAS DA DANÇA MUNDIAL (DANÇA) 
Repleto de artistas de prestigio, a Gala DÉtoiles apresenta um leque de executantes que exibem uma qualidade técnica extraordinária. Petra Conti e Eris Nezha, estrelas do Teatro alla Scala e Los Angeles Ballet, lideram um leque de estrelas da dança mundial composto por outras estrelas e solistas principais como a Prima-Ballerina do Ballet da Ópera Nacional de Kiev Katerina Kukhar e Oleksandr Stoyanov os prestigiados solistas Principais do Teatro Mariinsky Tatiana Tkachenko e Ivan Oscorbin e a Prima-Ballerina e o solista Principal da Russian Classical Ballet Evgeniya Bespalova e Denis Karakashev. Artistas laureados e presenças habituais nos grandes palcos Mundiais!  
O espetáculo concebido por Evgeniya Bespalova, é formado por obras maestras do grande repertório da dança clássica, abrangendo distintos coreógrafos como Marius Petipa, Vasily Vainonen, Lev Ivanov, mas também Mikhail Fokin e Alexander Gorsky.  
Fazem parte do programa Pas de Deux emblemáticos do grande repertório da dança clássica com Black Swan Pas de Deux Lago dos Cisnes, Pas de Deux Esmeralda, Grand Pas de Deux Dom Quixote, Pas de Deux Corsário, Pas de Deux O Quebra-Nozes, e Carmen Suite, mas também A Morte do Cisne ou Gopak, entre outras. Obras-primas coreográficas que se eternizaram pela sua beleza, dramatismo e riqueza técnica; peças criativas que revelam a genialidade dos seus criadores compositores e coreógrafos perpetuando o seu legado. Um espetáculo que irá celebrar a Dança Clássica, com diversas obras-primas de grandes compositores, bailadas por estrelas internacionais da dança Mundial.  
21 de maio de 2023, 17h, Coliseu Recreios, Lisboa.

TEATRO: "40 E ENTÃO?" - ONLINE
40 e Então juntou Ana Brito e Cunha, Fernanda Serrano e Maria Henrique, uma década depois do sucesso de Confissões de Mulheres de 30. Com elas trouxeram histórias, muitas. Histórias comoventes, histórias divertidas, histórias de afectos, histórias novas, histórias antigas que os anos fazem viver de forma diferente. Histórias contadas por outras mulheres, com vivências diferentes, a quem a idade não assusta ou, se calhar, assusta e muito. Assita AQUI.

Sugestões Culturais

Preencha os seguintes dados, por favor:

Por favor, faça a conta abaixo.