01 junho 2021
18:52
Redação

Artista Brasileiro "pinta" com sacos de plástico

O artista Eduardo Srur recria pinturas famosas utilizando apenas sacos de plástico.

A nova série de pintura "Natureza Plástica" do artista brasileiro Eduardo Srur não usa tinta nem pincéis, utiliza apenas sacos de plástico encontrados nas ruas da cidade para recriar obras de mestres de renome.

Na sua mais recente exposição o artista copiou Van Gogh, Monet, Picasso e Warhol para sensibilizar as pessoas sobre a poluição causada pela acumulação de resíduos plásticos.

"Estas obras permanecerão durante séculos na história da humanidade, assim como o plástico que estamos a deixar na natureza", avançou o artista à agência noticiosa Reuters.

Há muito tempo que o artista trabalha com o intuito de alertar e aumentar a consciência sobre o ambiente, produzindo instalações em espaços públicos na cidade de São Paulo, principalmente perto dos rios mais poluídos da cidade.

"O plástico domina tudo e todos hoje em dia, por isso nesta série crio obras de arte que não têm tinta nem cola, apenas pedaços de sacos de plástico que acabam por fazer a imagem que se vê", afirma.



Durante a pandemia Eduardo Srur trocou os pincéis por um par de pinças e trabalhou plástico colorido através de buracos numa tábua para formar as imagens pretendidas.

?Natureza Plástica. O que você faz com seu lixo? Quantas sacolas de plástico você usa por dia? E quantas você descarta? O pintor Leonardo da Vinci se especializou na técnica do sfumato; Edvard Munch e Van Gogh investiam nas pinceladas expressivas para acalmar seus sentimentos; Monet buscava captar a luz quando pintava. Estes artistas não conheceram o plástico. Não como o conhecemos hoje, presente em todos os cantos do planeta, poluindo os mares, sujando a praia, incomodando o nosso olhar no quotidiano", escreve o artista brasileiro no seu site oficial.

A exposição "Natureza Plástica" estreará em São Paulo no segundo semestre de 2021.

 

Mais Notícias