18 junho 2021
13:16
Agência Lusa

João Almeida e Daniela Campos sagram-se campeões nacionais de contrarrelógio

Facebook
Nacionais de ciclismo de estrada estão a decorrer no distrito de Castelo Branco.

João Almeida (Deceuninck-QuickStep) e Daniela Campos (Bizkaia Durango) sagraram-se hoje campeões portugueses de contrarrelógio, no primeiro dia dos Nacionais de ciclismo de estrada, no distrito de Castelo Branco.

O ciclista, convocado para os Jogos Olímpicos Tóquio2020, cumpriu os 30,5 quilómetros em 36.20 minutos, com quase um minuto de vantagem em relação a todos os adversários, sendo o mais próximo Rafael Reis (Efapel), segundo, com 37.14.

No terceiro lugar ficou José Neves (W52-FC Porto), com um tempo de 37.33 minutos, e em quarto ficou outro 'olímpico', o especialista na disciplina Nelson Oliveira (Movistar), com 37.44. João Almeida, sexto na Volta a Itália deste ano, venceu o primeiro título nacional da carreira na categoria de elite, depois de vários títulos nas classes etárias jovens.

Em sub-23 masculinos, o mais rápido foi Fábio Fernandes (Efapel), o único a baixar dos 40 minutos na prova (39.45), à frente de Miguel Salgueiro (LA Alumínios-LA Sport), segundo, com 40.09, e Diogo Barbosa (Hagens Berman Axeon), terceiro, com 40.40.

Fernandes já tinha sido campeão nacional de contrarrelógio juniores em 2020 e consegue já o título no primeiro ano no novo escalão etário.

 

Na corrida feminina, Daniela Campos estabeleceu o melhor tempo nos 19,2 quilómetros e sucede a Raquel Queirós como campeã do 'crono', com 29.25 minutos, batendo por mais de um minuto Ana Caramelo (ATPLine), que fez a distância em 30.52 e foi segunda, e Liliana Jesus (Team Farto-BTC), terceira, com 31.00.

A prova feminina ficou ainda marcada pela ausência da 'olímpica' Maria Martins (Drops), que não alinhou à partida devido a problemas mecânicos.

 

 

O primeiro dia coroou ainda um total de 11 campeões nacionais de paraciclismo, nas várias classes.

No sábado, a competição desloca-se para Castelo Branco e arranca com a prova de fundo feminina, com as elites a cumprirem um total de 108,2 quilómetros, em cinco voltas ao circuito, pela manhã, e os sub-23 masculinos, de tarde, com 170,5 quilómetros ao todo.

Mais Notícias