21 julho 2021
16:52
Redação

Caetano Veloso atua em Portugal em setembro

Fernando Young/Cortesia Live Com
O músico brasileiro fez o anúncio hoje nas redes sociais. Caetano Veloso vai levar a voz e o violão a Lisboa, Guarda e Porto.

 
Caetano Veloso regressa a Portugal ainda este ano. O músico brasileiro, de 78 anos, anunciou as datas esta tarde nas redes sociais. A 1 e 2 de setembro, Caetano Veloso atua no Coliseu dos Recreios, em Lisboa. No dia 5, o músico e compositor veterano vai subir ao Teatro Municipal da Guarda. A 7 de setembro, o concerto será no Coliseu do Porto

Caetano Veloso está de volta a Portugal com a digressão intimista Voz & Violão.
 


Portugal será a última paragem de uma digressão europeia. Antes, Caetano Veloso vai passar pelas prestigiadas salas de Elbphilharmonie, em Hamburgo, para duas sessões já esgotadas, a Philharmonie de Paris, também esgotada, e a Arena5, em Bruxelas.

Caetano Veloso subiu pela primeira vez ao palco do Coliseu dos Recreios em setembro de 1981. 40 anos depois, prepara o alinhamento destes concertos, em 2021, nos Coliseus de Lisboa e Porto, e na Guarda, desafiando o público, num apelo direto, escrito nas suas redes sociais, a escolher as "músicas que não podem faltar".

Entre estas quatro décadas, foram muitas as suas digressões que já passaram pelo nosso país, sempre com conceitos diferentes, muitas em estreia europeia, invariavelmente com mais de uma data e sempre esgotadas.

Cantor, compositor, guitarrista, vencedor de Grammys, e ativista de causas políticas e sociais, Caetano Veloso desempenhou um papel central na modernização da MPB com a criação do Tropicalismo nos anos 60 do século XX, movimento mundividente que mescla as suas deambulações pelo universo pop global com o contexto local de turbulência e repressão política então vivido no Brasil (que culminaria com a prisão e exílio do músico).

Caetano Veloso conquistou uma carreira única que transformou a música brasileira para sempre e marcou o panorama mundial com dezenas de discos editados. O mais recente, "Ofertório Ao Vivo" (2018), foi gravado com os seus três filhos.

As lotações das salas vão estar reduzidas de acordo com as normas impostas pela Direção-Geral da Saúde. De acordo com a atualização de 15/06/2021 da Norma 019/2020 da DGS a apresentação de teste negativo para o SARS-CoV-2 ou, em alternativa, do Certificado Digital é obrigatória para o acesso aos espetáculos nos Coliseus. Na Guarda não será necessário teste ou certificado (lotação abaixo dos 500 lugares).
 
 

Mais Notícias