27 julho 2021
11:52
Agência Lusa

Verão Clássico reúne em Lisboa jovens músicos e grandes intérpretes como Elisabeth Leonskaja

Pixbay
O Festival Verão Clássico abre no dia 01 de agosto, em Lisboa, com 200 jovens músicos, de mais de 20 nacionalidades, selecionados para as diferentes 'masterclasses' orientadas por intérpretes e professores de "grande reputação internacional".

 
O Festival Verão Clássico abre no dia 01 de agosto, em Lisboa, com 200 jovens músicos, de mais de 20 nacionalidades, selecionados para as diferentes 'masterclasses' orientadas por intérpretes e professores de "grande reputação internacional?, divulgou hoje a organização.

A pianista russa Elisabeth Leonskaja, o violoncelista norte-americano Gary Hoffman, o clarinetista francês Pascal Moraguès e a cantora russa Anna Samuil estão entre os vários "músicos de grande reputação mundial", que participam no Verão Clássico, festival e academia internacional de música de lisboa.

O Verão Clássico é promovido pelo DSCH - Schostakovich Ensemble, sob a direção artística e pedagógica do pianista Filipe Pinto-Ribeiro, que realçou as estreias na iniciativa das pianistas Elisabeth Leonskaja, "uma das mais célebres do nosso tempo", e Marianna Shirinyan, intérprete "multipremiada, professora na Academia Norueguesa de Música, em Oslo", e de Stephan Picard, professor na Escola Superior de Música de Berlim e "um dos violinistas e professores mais requisitados da atualidade".

De regresso ao certame, que vai na 7.ª edição, estão a violinista Mihaela Martin, o violetista Miguel da Silva, os violoncelistas Gary Hoffman e Frans Helmerson, o contrabaixista Gunars Upatnieks, a flautista Silvia Careddu, o oboísta Ramón Ortega Quero, o clarinetista Pascal Moraguès e a cantora Anna Samuil, constituindo uma "equipa fantástica que é uma 'família musical' que inspira todo o Festival", sublinhou Filipe Pinto-Ribeiro à agência Lusa. 

O festival vai apresentar concertos diários, entre 01 e 10 de agosto, com repertório musical dos séculos XVIII ao XXI, tendo como principal sala o Picadeiro Real, no bairro de Belém, em Lisboa.

No total, segundo Pinto-Ribeiro, estão previstos quatro concertos "MasterFest", isto é, com "a presença de grandes solistas internacionais, e seis concertos 'TalentFest', em que se apresentam os jovens músicos participantes na Academia Verão Clássico, vários dos quais laureados nacional e internacionalmente".

Simultaneamente, estão programadas mais de 500 'masterclasses', aulas abertas sobre técnica e interpretação musical, "orientadas por 12 músicos e professores de grande reputação internacional, oriundos de algumas das melhores orquestras e conservatórios mundiais?, referiu o pianista.

Entre os jovens participantes nas 'masterclasses', 100 são portugueses e 100 estrangeiros, vindos de países como Alemanha, Áustria, Brasil, Canadá, Chile, China, Espanha, Estados Unidos, França, Hungria, Israel, Itália e Japão, entre outros.

O concerto de abertura, no dia 01 de agosto, às 21:00, no Picadeiro Real de Belém, junta cerca de um dezena de músicos, entre os quais Filipe Pinto-Ribeiro, Marianna Shirinyan, Stephan Picard, Miguel da Silva, Frans Helmerson e Gary Hoffman.

O programa de abertura inclui peças de Mozart, Stravinsky e Dvorák.

Elisabeth Leonskaja, uma das grandes intérpretes mundiais, reconhecida pelas suas leituras de compositores como Schubert e Beethoven, apresentar-se-á nos concertos "MasterFest" III e IV, de 7 e 10 de agosto, respetivamente.

No primeiro, interpretará o Quinteto com Piano Op.34, de Brahms, com os violinistas Mihaela Martin e Stephan Picard, o violetista Miguel da Silva e o violoncelista Frans Helmerson.

No segundo, interpretará a Sonata op. 110, de Beethoven.

A programação pode ser consultada em www.veraoclassico.com.

Mais Notícias