29 agosto 2021
11:43
Redação / Agência Lusa

Um milhão de crianças em risco de desnutrição grave no Afeganistão

EPA
O alerta é da UNICEF, depois do aumento da violência e do rápido colapso da economia.

Um milhão de crianças afegãs está em risco de sofrer desnutrição aguda grave se a situação no país continuar a deteriorar-se, alertou hoje a UNICEF, face à situação do Afeganistão após a vitória dos talibãs.

O alerta da organização surge no âmbito da crítica situação do país, do aumento da violência e do rápido colapso da economia.

“Se a tendência atual continuar, a UNICEF prevê que um milhão de crianças com menos de cinco anos no Afeganistão sofra de desnutrição aguda grave, uma enfermidade potencialmente mortal”, disse em comunicado o diretor regional da organização para o Sul da Ásia, George Laryea-Adjei.

Após sair de Cabul, assegurou que nas últimas semanas, com o aumento dos conflitos e da insegurança no país, as crianças são “quem pagou o preço mais alto”.

“Algumas não só foram obrigadas a abandonar as suas casas e a serem separadas das escolas e amigos, como também se viram privadas dos cuidados médicos básicos que podem salvá-las de doenças como a poliomielite e o tétano”, indicou.

Mais Notícias