28 outubro 2021
11:33
Ruben Mateus

Homem começa a miar e consegue adiar julgamento

Youtube
Nicolas Gil Pereg é acusado de homicídio.

Na justiça um julgamento pode durar várias semanas, vários meses ou até vários anos devido à possibilidade, por exemplo, de colocar um recurso ou de pedir um novo juiz ou juíza para o caso.

Desta vez um julgamento foi interrompido e adiado devido ao comportamento do principal suspeito.

Nicolas Gil Pereg, de 40 anos, é acusado de assassinar a mãe e a irmã em 2019.

O caso aconteceu na Argentina e este homem chegou agora ao banco dos réus, mas por pouco tempo.

Assim que a juíza do caso começou a falar, Nicolas começou a miar, não ouvindo os pedidos da magistrada para que se mantivesse em silêncio.

O resultado deste miar constante foi o adiamento do julgamento para uma nova data e nessa altura será que Nicolas vai imitar um outro animal?

 

Mais Notícias