21 novembro 2021
20:11
Redação

Ministro do Ambiente garante que "não vai haver sobressalto social" no Pego

Tutela reúne com sindicatos e empresa na terça-feira.

O ministro do Ambiente e da Ação Climática assegurou hoje que não vai haver "sobressalto social" para os trabalhadores com o fim da central elétrica do Pego e mostrou-se confiante no futuro das pessoas e da central. 

João Pedro Matos Fernandes sublinha que é "uma excelente notícia" o fim da utilização de carvão para produção de eletricidade em Portugal e destaca que na terça feira vai reunir com sindicatos e empresa para acautelar o futuro dos trabalhadores e deste ponto de ligação à rede elétrica.

O ministro do Ambiente e da Ação Climática lembra que "as pessoas não foram ainda despedidas" e assinala que o concurso em curso tem como fator de preferência a manutenção do maior número de postos de trabalho.

Matos Fernandes sublinhou ainda a poupança de 100 milhões de euros por ano com o fim da produção de electricidade a partir do carvão.

Mais Notícias