Ouça a Smooth FM em qualquer lado.
Faça o download da App.
15 dezembro 2021
09:17
Agência Lusa

Dois restaurantes portugueses distinguidos pela sustentabilidade no Guia Michelin

"Il Galo d?Oro" (Funchal) e "Esporão" (Reguengos de Monsaraz) são os dois primeiros restaurantes portugueses a receber esta distinção.

Portugal conquistou as primeiras ‘estrelas verdes’ do Guia Michelin, que reconhecem o compromisso com a sustentabilidade, atribuídas a dois restaurantes portugueses, anunciou a organização, em Valência, Espanha.

“Il Galo d’Oro” (Funchal, duas estrelas Michelin) e “Esporão” (Reguengos de Monsaraz, que conquistou hoje a primeira estrela) são os dois primeiros restaurantes portugueses a receber esta distinção, que figura no Guia Michelin Espanha e Portugal 2022, apresentado esta noite em Valência.

Concedida pelo segundo ano, a ‘estrela verde’ distingue restaurantes “cujo destacado compromisso com a gastronomia sustentável, combinado com uma forte identidade culinária, cria experiências gastronómicas especialmente inspiradores para os gourmets”.

Em Espanha, há seis novos restaurantes com este galardão. No total, a Península Ibérica contabiliza 29 estabelecimentos que receberam uma ‘estrela verde’.

“As nossas equipas também observaram que cada vez mais estabelecimentos mostram um interesse maior em oferecer uma cozinha mais preocupada com as questões do meio ambiente e da sustentabilidade”, afirmou o diretor-geral do Guia Michelin, Gwendall Poullennec.

Com esta iniciativa, o Guia Michelin pretende “incentivar todo o mundo a interessar-se por estes estabelecimentos, que são tanto uma fonte de inspiração como de mobilização”.

A edição de 2022 do guia ibérico atribui a primeira estrela (‘cozinha de grande nível, compensa parar’) a cinco restaurantes portugueses - “Al Sud” (Lagos), “A Ver Tavira” (Tavira), “Cura” (Lisboa), “Esporão” (Reguengos de Monsaraz) e “Vila Foz” (Porto). Portugal passa assim a contar com sete restaurantes com duas estrelas (‘cozinha excelente, vale a pena o desvio’) e 26 com uma estrela Michelin.

Mais Notícias