Ouça a Smooth FM em qualquer lado.
Faça o download da App.
16 dezembro 2021
12:45
Redação / Agência Lusa

Açores com segundo nível de prata na certificação como destino turístico sustentável

Pixabay
O Governo Regional diz que pretende atingir o nível de certificação de ouro no prazo de três anos.

Os Açores obtiveram o segundo nível de prata na certificação internacional como “Destino Turístico Sustentável” da EarthCheck, de acordo com os critérios do Global Sustainable Tourism Council, anunciou hoje o Governo Regional.

De acordo com a nota de imprensa do executivo açoriano, esta classificação “evidencia a evolução positiva do trabalho iniciado em 2017” e “reforça o posicionamento e a liderança dos Açores em matéria de sustentabilidade turística, destacando-se como o único arquipélago no mundo certificado” como “Destino Turístico Sustentável”.

O Governo Regional refere que é seu compromisso “atingir no prazo de três anos o nível de certificação de ouro, cumprindo com os requisitos do normativo e assegurando a responsabilidade com este processo de melhoria contínua”.

O secretário regional dos Transportes, Turismo e Energia, Mário Mota Borges, reconhece “o trabalho colaborativo e o envolvimento participativo de várias entidades públicas e privadas, que potenciou os resultados obtidos até ao momento neste processo de certificação”.

De acordo com o executivo açoriano, os auditores independentes da entidade certificadora EarthCheck avaliaram, em setembro, várias infraestruturas em diferentes ilhas dos Açores, para “aferição de 12 áreas-chave de atuação no domínio da sustentabilidade, reconhecendo o amplo comprometimento da região na preservação do seu património cultural e natural, bem como na valorização equilibrada das suas dimensões ambientais, sociais, culturais e económicas”.

A EarthCheck é uma entidade certificadora acreditada pelo Global Sustainable Tourism Council e é líder mundial em consultoria, ‘benchmarking’ científico e certificação para a indústria de turismo e viagens.

O normativo adotado pela EarthCheck estipula um processo de certificação evolutivo que impõe a conquista progressiva de quatro patamares (prata, ouro, platina e master), obrigando a que cada destino demonstre a adequada conformidade com os critérios avaliados ao longo do tempo e de forma consistente.

Mais Notícias