Ouça a Smooth FM em qualquer lado.
Faça o download da App.
30 setembro 2022
15:44
Redação

Ucrânia pediu adesão rápida à NATO

Associated Press
Anúncio do presidente ucraniano surge após a Rússia ter formalizado a anexação de quatro regiões ucranianas.

A Ucrânia avançou esta sexta-feira com o pedido de adesão rápida à NATO. O presidente ucraniano diz que o país já comprovou "a compatibilidade com os padrões da Aliança Atlântica".

" (....) Já comprovamos a compatibilidade com os padrões da Aliança. Eles são reais para a Ucrânia - reais no campo de batalha e em todos os aspetos de nossa interação. Confiamos uns nos outros, ajudamo-nosuns aos outros e protegemo-nosuns aos outros. Esta é a Aliança", escreveu Volodymyr Zelensky no Telegram. 

O anúncio do presidente ucraniano surge após a cerimónia em que o governo russo formalizou a anexação de quatro regiões ucranianas: Donetsk, Lugansk, Kherson e Zaporizhzhia. 

Entretanto, o Presidente da Ucrânia sublinhou que está "pronto para dialogar", mas que tal será "impossível" enquanto Vladimir Putin for presidente da Rússia.

"Ele não sabe o que é dignidade e honestidade. Por conseguinte, estamos prontos para um diálogo com a Rússia, mas já com outro presidente da Rússia", disse Zelensky,

 

Mais Notícias