Ouça a Smooth FM em qualquer lado.
Faça o download da App.
09 novembro 2022
16:39
Redação / Agência Lusa

Oeiras já tem trotinetes e bicicletas elétricas partilhadas

OEIRAS.PT
Esta é uma das alternativas para as pessoas deixarem de usar o automóvel.

O concelho de Oeiras conta a partir desta quarta-feira com trotinetes e bicicletas elétricas partilhadas, que chegam ao território quando estão "asseguradas as condições de segurança", afirmou o presidente da câmara, Isaltino Morais, presente na cerimónia do lançamento da operação de mobilidade suave partilhada no concelho.

Salientando a necessidade de se criarem alternativas para as pessoas deixarem de usar o automóvel, o autarca sublinhou ainda a necessidade de ser dada "mais oferta e melhor de transportes públicos" durante esse "período de transição".

"Não basta dizer para não utilizar o automóvel, temos de ter consciência que para mobilizar é preciso dar alternativa", disse o responsável.

O autarca lembrou também ser a empresa Parques Tejo, responsável pelo estacionamento no concelho de Oeiras, quem gere o novo serviço de mobilidade suave partilhada e não diretamente a autarquia.

Leia também

Para a vereadora Joana Baptista, responsável pelos pelouros dos Transportes e Mobilidade da Câmara de Oeiras, hoje foi dado o primeiro passo na estratégia da Oeiras Move, que pretende movimentar por todo o concelho as pessoas "em condições de conforto e segurança".

De acordo com a responsável, entre o último e o próximo trimestre vão estar disponíveis 600 trotinetes e 400 bicicletas, em pontos estratégicos, ligando estações de comboio a parques industriais e escolas.

Questionada sobre o facto de em Lisboa, o primeiro concelho a implementar o uso destes meios de mobilidade suave, haver muitas queixas de segurança e das trotinetes serem largadas em passeios e no espaço público, Joana Baptista garantiu que em Oeiras "a lógica de conforto e segurança urbana é para cumprir".

A responsável adiantou assim que vão "ter fiscalização ativa por parte da Parques Tejo e da Polícia Municipal? , salientando também que vão existir sanções para os utilizadores que não estacionem nos locais devidos que estão assinalados, já que todos os equipamentos vão ter um sistema de georreferenciação para perceber como os utilizadores se deslocam.

 

 

Mais Notícias