Ouça a Smooth FM em qualquer lado.
Faça o download da App.
30 novembro 2022
12:18
Redação / Agência Lusa

GNR de Setúbal com nova aplicação digital para reduzir sinistralidade rodoviária

Lusa
Setúbal é o distrito de Portugal com maior sinistralidade grave relevante.

O Comando Territorial de Setúbal da GNR vai passar a utilizar, a partir de dezembro, uma aplicação digital para ajudar a reduzir a sinistralidade rodoviária, devido a uma parceria com a Universidade de Évora (UÉ).

A universidade revelou esta quarta-feira, em comunicado, tratar-se de uma ferramenta de apoio à tomada de decisão, que "permite a visualização do passado, presente e futuro".

A aplicação foi desenvolvida entre a UÉ e a GNR, no âmbito do projeto Modelação e Predição de Acidentes de Viação no Distrito de Setúbal (MOPREVIS).

Segundo a UÉ, "foram identificadas algumas vias de maior risco de ocorrência de acidentes".

"Cada via foi segmentada em troços de 500 metros e a predição é obtida por troço para um dia e para um período temporal de ‘h’ horas", sendo os resultados apresentados num mapa com informação por troço, onde também é possível consultar o histórico associado aos acidentes que ocorreram nesse percurso.

A ferramenta digital permite também visualizar e analisar os dados dos acidentes ocorridos na zona de ação do Comando Territorial de Setúbal.

A UÉ destacou que Setúbal é o distrito de Portugal com maior sinistralidade grave relevante.

"Se for possível contribuir para poupar nem que seja apenas uma vida humana, este projeto já terá sido um enorme sucesso e um relevante contributo social da academia através da aplicação do seu conhecimento, esforço e interação com a sociedade e com os parceiros que integram o projeto2, considerou Paulo Infante, professor da UÉ e coordenar do projeto.

O Comando Territorial de Setúbal realiza hoje uma formação sobre a nova aplicação dirigida aos oficiais e sargentos do Destacamento de Trânsito de Setúbal.

Mais Notícias