Ouça a Smooth FM em qualquer lado.
Faça o download da App.
05 dezembro 2022
13:45
Redação

SEF já atribuiu mais de 55.500 proteções temporárias a ucranianos

LUSA/EPA
O SEF destaca ainda a chegada de quase 14 mil crianças, algumas não acompanhadas.

Portugal já atribuiu 55.560 proteções temporárias a cidadãos vindo das Ucrânia desde o início do conflito, a 24 de fevereiro.

Em comunicado, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) refere que "os municípios com o maior número de proteções temporárias concedidas continuam a ser Lisboa (12.076), Cascais (3.437), Porto (2.815), Sintra (1.883) e Albufeira (1.370)".

O SEF destaca ainda a chegada de quase 14 mil crianças, algumas não acompanhadas.

"Desde o início do conflito, o SEF já comunicou ao MP 736 menores que se apresentaram na presença de outra pessoa que não o seu progenitor ou representante legal comprovado, sem perigo atual ou iminente; e à CPCJ 15 menores não acompanhados e/ou na presença de outras pessoas que não os seus progenitores", adianta o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

Na mesma nota, o SEF refere ainda que tem vindo a registar uma sobrecarga de chamadas, devido ao uso de serviços de ?dialers? em múltiplos telemóveis e que realizam chamadas em simultâneo.

Só no passado dia 17 de outubro foram realizadas mais de 29 milhões de tentativas de chamadas em apenas 12 horas.

O SEF está a estudar alternativas para minimizar o problema.

Mais Notícias