Ouça a Smooth FM em qualquer lado.
Faça o download da App.
08 dezembro 2022
19:22
Agência Lusa

Câmara de Lisboa apela à população que evite sair de casa durante a noite

Lusa
O distrito de Lisboa vai estar sob aviso laranja do IPMA para precipitação entre as 00h00 e 09h00 de sexta-feira.

A Câmara Municipal de Lisboa apelou hoje à população para evitar saídas de casa durante a noite, exceto "em situações de absoluta necessidade", devido ao aviso laranja de precipitação entre as 00h00 e 09h00 de sexta-feira.

Em comunicado, a autarquia apela à população para "evitar" toda a zona ribeirinha da cidade, a zona baixa de Alcântara, a Praça de Espanha, a Avenida 24 de Julho, a Avenida Gago Coutinho e todos os túneis e infraestruturas subterrâneas de Lisboa.

Lembrando que o IPMA colocou de novo o distrito de Lisboa sob aviso laranja, entre as 00h00 e as 09h00 de sexta-feira, devido à previsão de “precipitação por vezes forte, podendo ser acompanhada de trovoada e de rajadas fortes de vento”, a Câmara de Lisboa pede à população que evite sair de casa.

A autarquia salienta ainda que os agentes de Proteção Civil, os serviços operacionais municipais e as juntas de freguesia "estão de prevenção para a mais pronta resposta à cidade".

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou, nos distritos de Lisboa, Leiria, Setúbal, Santarém e Faro, os avisos de amarelo para laranja a partir das 00h00 de sexta-feira devido ao mau tempo.

Segundo o IPMA, os cinco distritos vão estar sob aviso laranja devido ao mau tempo a partir das 00h00 de sexta-feira, um aviso meteorológico que passará para amarelo a partir das 09h00 e até às 15h00 de sexta-feira.

De acordo com fonte do IPMA, até ao final do dia poderá haver um "alargamento" do aviso laranja a outros distritos.

Nos mesmos distritos, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) elevou o estado de alerta para laranja até às 23h59 de sexta-feira devido às chuvas fortes que se fazem sentir no continente.

De acordo com o 'site' da Proteção Civil, pelas 17h40, estavam ainda ativas 62 ocorrências relacionadas com meteorologia adversa, num total de 196 bombeiros e 79 meios.

Na quarta-feira à noite, a cidade de Lisboa esteve sob aviso vermelho devido à previsão de chuva forte e trovoada, tendo-se registado várias inundações na cidade, tendo as situações mais graves sido registadas no Campo Grande, Campo Pequeno e Alcântara.

Mais Notícias