Ouça a Smooth FM em qualquer lado.
Faça o download da App.
23 janeiro 2023
12:36
Gonçalo Palma

Steven Spielberg produz documentário sobre John Williams

Chris Pizzello (Invision/Associated Press) - arquivo de 2016
Projeto centrado no compositor nonagenário já está em marcha.

Aquele que é um dos mais impactantes compositores de bandas sonoras de filmes de sempre, John Williams, vai ser alvo de um documentário, que tem na produção o cineasta que há quase 50 anos recorre aos seus serviços, Steven Spielberg.

Segundo avança a Deadline, o documentário ainda sem título vai ser um esforço conjunto entre as produtoras Amblin Television (criada por Steven Spielberg), Imagine Entertainment e Nedland Media, com um realizador já assegurado: Laurent Bouzereau, responsável pelo documentário sobre a atriz Natalie Wood, "Natalie Wood: What Remains Behind".

São numerosas as músicas marcantes e imortalizadas de John Williams para o cinema, como a orquestração em tom de folclore de "Um Violino no Telhado" (de 1971), a monumentalidade épica de "Star Wars" (de 1977) e de "Superman" (de 1978), o encanto natalício de "Sozinho em Casa" (de 1991) ou a ambientação enigmática que determinou os filmes de Harry Potter (a partir de 2001).

 

Só para Steven Spielberg, fez música para 27 dos seus filmes, incluindo as banda sonoras carismáticas dos filmes "O Tubarão" (de 1975), "Encontros Imediatos do Terceiro Grau" (de 1978), a epopeia de Indiana Jones (a partir de 1981), "E.T. O Extraterrestre" (de 1982), "O Parque Jurássico" (de 1993) ou "A Lista de Schindler" (de 1993).

 

À beira de completar 91 anos, John Williams compôs 165 bandas sonoras, numa carreira de compositor que percorreu oito décadas diferentes. O músico norte-americano já recebeu 52 nomeações para os Óscares, dos quais já venceu cinco. John Williams está pre-nomeado para o Óscar de Melhor Banda Sonora Original de 2022, pelo filme de Steven Spielberg, "Os Fabelmans", numa música muito estruturada em piano, inspirada na personagem Mitzi Schildkraut-Fabelman (interpretada por Michelle Williams), a mãe da personagem central Burt que tem como principal passatempo tocar ao piano. As nomeações para os Óscares serão reveladas amanhã, dia 24. A cerimónia decorre em Hollywood, em Los Angeles, a 12 de março. 

No dia 2 de fevereiro, estreia-se nas nossas salas de cinema o documentário sobre outro compositor cinematográfico histórico, o italiano Ennio Morricone (1928-2020). O filme intitula-se "Ennio, O Maestro", é realizado por Giuseppe Tornatore, e conta com depoimentos de gente tão diferente como Dulce Pontes, Bruce Springsteen, Quentin Tarantino ou o próprio John Williams.


 

Mais Notícias