Ouça a Smooth FM em qualquer lado.
Faça o download da App.
23 janeiro 2023
15:56
Redação

O regresso aos palcos de Beyoncé foi no Dubai

Beyoncé atua na 59ª edição dos Grammys, em Los Angeles, 2017 Matt Sayles/Invision/Associated Press
Foi a primeira grande atuação da norte-americana no período de quase cinco anos.

Beyoncé foi a estrela convidada para a inauguração de um empreendimento turístico de luxo no Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.   

A atuação da artista norte-americana, que aconteceu no dia 21 de janeiro, foi reportada pelos jornalistas que foram convidados para a ocasião, como é o caso da Pitchfork. Na plateia estiveram também alguns influencers e celebridades que receberam o convite da cantora. 

"Beyoncé convida-o para um fim de semana com destino aos seus sonhos. Você e um acompanhante estão convidados para banquetes prazerosos, mimos à beira-mar e experiências especiais, incluindo viajar em classe executiva, transporte em terra de primeira classe e acomodações também de primeira classe no Atlantis The Royal", dizia o convite que foi replicado pela Pitchfork. 

A norte-americana aproveitou a ocasião para fazer um dueto com a filha mais velha, Blue Ivy Carter, de 11 anos, com quem cantou 'Brown Skin Girl'. De acordo com a publicação Stereogum, Beyoncé não cantou nenhum tema do mais recente "Renaissance", o aclamado disco que lançou em 2022.

O concerto teve a duração de cerca de 75 minutos, conta o Hollywood Reporter. Foi a primeira grande atuação da cantora no período de quase cinco anos. A última vez que Beyoncé deu um concerto extenso foi no festival Coachella, na Califórnia, em 2018.

 

Segundo noticiou o britânico Daily Mail, a artista norte-americana poderá ter encaixado mais de 30 milhões de dólares (mais de 30 milhões de euros) com o concerto deste fim de semana. O também britânico Mirror diz que o pagamento deverá ter rondado os 24 milhões de dólares.

 

 

 

 

 

 

 

Mais Notícias