06 setembro, 2021
0 mins
Poema do Dia

António José Fernandes

A CIDADE VAZIA

A cidade sem ti perde a magia sonora 

é uma confusão de pedras tabernas e hospitais

ninguém se abraça nos bancos de jardim

o destino dos autocarros apaga-se no asfalto

e a noite conquista apenas o lixo e os gatos vadios.